Como saber se você está tendo gastos desnecessários na sua produção? Veja estas 5 dicas.

Um dos grandes fatores na lucratividade de uma produção é saber controlar os gastos. E o primeiro passo para isso é identificar se não tem dinheiro “escorrendo pelo ralo” em algum lugar.

Por isso, você produtor precisa fazer uma boa gestão rural, coletando, organizando e atualizando dados constantemente. Dessa forma, conseguirá entender melhor o funcionamento da sua propriedade, conhecendo as etapas que gastam mais e o que pode ser feito para deixá-las mais baratas, sem perder a qualidade.

Então, como saber se você está tendo gastos desnecessários na sua produção? Separamos 5 dicas que irão ajudá-lo.

1

Aproveite o intervalo entressafras e planeje a safra seguinte

Certamente a melhor época para planejar os custos que você terá com toda sua produção é no intervalo entressafras, período em que se tem uma “folga” na correria rotineira.

Por isso, aproveite essa fase para fazer o balanço da safra anterior, levando em consideração suas receitas e despesas e planeje com mais assertividade o controle financeiro e operacional da próxima safra.

Dê atenção a possíveis manutenções de equipamentos, arrume o lugar onde estocará e escoará a produção, organize as atividades de manejo que serão realizadas e planeje uma estimativa de safra condizente com a sua realidade.

Realize a estimativa da sua safra pelo Demetra
Realize a estimativa da sua safra pelo Demetra

2

Tenha um controle dos custos rurais e organize-os para não sair no prejuízo

Apesar de essa dica parecer tão óbvia, não são muitas as pessoas que realmente entendem a importância de se fazer um planejamento em cima de controle de custos. Pensando nisso, tenha sempre junto com você uma planilha onde possa registrar todo e qualquer dado considerado importante para a gestão de sua propriedade. Organize suas anotações em cadernos de papel, no computador ou até mesmo em plataformas online, pois assim já terá meio caminho andado.

Feito o primeiro passo, anotando tudo o que julgar necessário, parta para o segundo, analisando as contas que compõem seu orçamento e entendendo o impacto que elas causam no seu planejamento. Essa ação sempre deverá ser feita com o objetivo de visualizar quais pontos podem ser melhorados, descartando-se gastos desnecessários e/ou investindo em algo que traga rentabilidade a você.

Saiba identificar quais atividades e/ou insumos estão sendo responsáveis pelo aumento de gastos e diminuição de lucros. Registrando seus dados de maneira eficiente, você conseguirá perceber o que pode ser controlado e o que pode ser maximizado. 

Através das anotações, é possível saber se está gastando além do necessário com compra excessiva de insumo agrícola, por exemplo. Inclusive, esse é um dos gastos desnecessários mais recorrentes no ramo agrícola e dele vários outros acabam surgindo, conforme mostrado neste nosso outro post intitulado 7 problemas do excesso na fertilização de cultivos. Quando se encontram esses gastos e os eliminam, a sua produção só tende a aumentar.

3

Modernize sua produção agrícola - utilize o Caderno de Campo Digital

São inúmeros os benefícios de aliar a tecnologia à sua produção. Através dela, pode-se reduzir o tempo de execução de tarefas e otimizar a sua tomada de decisão. Sai na frente o produtor que investe em ferramentas digitais que facilitam a análise de dados de maneira automática e, consequentemente, se proporcionam uma qualidade de vida melhor.

Para investir mais naquilo que gera um melhor retorno, primeiramente, é preciso tomar nota de todas as ações realizadas diariamente no campo. Como sabemos que é impossível lembrar de tudo contando apenas com a memória, disponibilizamos o Demetra Caderno de Campo Digital.

De modo geral, essa ferramenta permite que você, agricultor, esteja sempre alerta às necessidades e planejamentos do cultivo, auxiliando no levantamento das estimativas e controle das variáveis. Essa agilidade e a entrega de informação devido ao auxílio do aplicativo resulta na economia de gastos desnecessários com insumos e água, proporcionando a você total capacidade para gerenciar de forma mais eficiente os custos de toda a produção, tornando possível um planejamento mais minucioso e assertivo para a próxima safra. 

Conheça aqui, em detalhes, 5 benefícios de utilizar o Caderno de Campo Digital em sua propriedade.

4

Busque e invista em conhecimento no seu dia a dia

Investir em conhecimento agrícola é tão importante como qualquer outro tipo de investimento, pois afeta não só a área financeira, como também todas as outras áreas da vida. Qualquer tipo de conhecimento que você adquirir poderá ser muito valioso, já que automaticamente é visto com maior reconhecimento entre as pessoas. Investir e buscar conhecimento em fontes confiáveis faz com que você esteja à frente dos demais, tornando-se mais qualificado em determinada área. 

Quando você busca conhecer mais sobre determinado assunto, adquire sabedoria, a qual proporcionará uma maior capacidade e assertividade em tomar decisões. 

No meio agrícola, essa tomada de decisão baseada em dados concretos e não em achismos faz muita diferença no resultado final de sua produção, pois proporciona um melhor saber lidar com as mais diferentes situações do dia-a-dia. Além disso, quando se investe em conhecimento, desenvolve-se autoconfiança, fator primordial para ter segurança em suas tomadas de decisões, solucionando problemas de forma mais ágil e certeira. 

Além de investir em conhecimento próprio, no meio agrícola é muito válido buscar auxílio de profissionais da área, como engenheiros agrônomos ou técnicos agrícolas. Esses passaram anos estudando e se atualizando sobre determinados assuntos agrícolas, por isso poderão orientá-lo de maneira segura e eficiente. 

Também é válido estar antenado em conhecimentos adquiridos nos meios digitais, como em ferramentas de busca, YouTube e sites de empresas do ramo, já que atualmente encontram-se muitos materiais valiosos, desde cartilhas até cursos completos, através de um simples “click”.

Materiais desenvolvidos por instituições de pesquisa, como Emater, Senar e Sebrae também contemplam a vasta variedade de informações presentes no mercado, o que torna o saber agrícola cada vez mais fácil de ser adquirido e assertivo.

Por fim, quando há o investimento em conhecimento, a tendência é que esse nunca se perca e sempre se acumule. Dessa forma, constantemente haverá um retorno, seja ele pessoal ou financeiro.

5

Otimize seu tempo e sua produção através do uso de sensoriamento e automação

Conhece aquele ditado “tempo é dinheiro”? Pois então, esse poderia ser o slogan da agricultura. Quando se perde tempo realizando tarefas que poderiam facilmente ser delegadas, perde-se, consequentemente, dinheiro. Pensando nisso, cada vez mais a agricultura está se tecnificando e um dos objetos derivados dessa tecnificação chama-se sensoriamento e automação. 

A atuação dos sensores nos cultivos ocorre de forma automática, fazendo o controle de umidade e temperatura do ar e solo, pH e EC, molhamento foliar, luminosidade, micronutrientes específicos que, quando combinada à automação, permite que sejam controladas a fertirrigação, exaustão, nebulização, aspersão, irrigação, válvulas e equipamentos de telemetria. Desta forma, o sistema sabe a quantidade de água e nutrientes necessários para a melhor produção da planta naquele momento. Com isso, e através de uma análise automática e inteligente por parte do sensor, você consegue reduzir as incertezas quanto ao controle e monitoramento do seu cultivo. 

Além disso, é possível aferir com precisão a capacidade de distribuição de insumos, por exemplo, reduzindo-se, neste caso, o uso exacerbado de defensivos químicos, pois se conhecerá e se aplicará apenas a exata quantidade necessária para proteção da planta.

Também, se reduz custos derivados do uso excessivo de água, pois há a coleta, aproveitamento e reutilização da água da chuva, promovendo a sustentabilidade e evitando gastos desnecessários, tanto financeiros quanto do recurso natural. Reaproveita-se, também, o lixiviado após esterilização, impedindo a propagação de doenças em suas culturas e otimizando o uso de insumos. Esse processo desencadeia uma safra de maior qualidade, com menos perdas e gastos desnecessários, gerando maior rentabilidade aos cultivos.

Confira aqui 5 melhorias que acontecerão no seu cultivo quando você utilizar sensoriamento e automação.

Através dessas 5 dicas, você saberá se está tendo gastos desnecessários e se privando de obter mais lucro na sua produção.

More to explorer