Estadão | Startups do agro inovam com rastreamento digital de “produtos”

Texto: Italo Bertão Filho | Especial para o Estadão

No Amazonas, mais de 300 famílias produtoras de guaraná passaram a utilizar um sistema on-line desenvolvido no Sul para garantir a rastreabilidade do guaraná fornecido à Coca-Cola para refrigerantes como Kuat e Fanta Guaraná. Com isso, a multinacional pode assegurar aos clientes que seu guaraná vem da floresta amazônica. A solução foi criada pela Elysios, agtech de Porto Alegre, e mira pequenos produtores de frutas, legumes e verduras.

O diferencial da Elysios foi a criação de um sistema, o Caderno de Campo Digital, que permite ao produtor rural tanto a mensuração dos resultados na lavoura in loco como a emissão de etiquetas com a comprovação da origem da produção. Desde o começo deste ano, a Elysios viu sua carteira de clientes aumentar mais de 300%, saltando de 600 produtores para 2,2 mil.

Leia a matéria completa aqui!

Mais conteúdo: