Os cogumelos

Há 5 anos, o produtor Jairo Rech fez diversos cursos para aprimorar seus conhecimentos e assim definir qual cultivo estabeleceria na propriedade. Por fim, começou a produzir cogumelos Shiitake orgânicos.

Vários fatores incentivaram a produção de cogumelos, como aumentar a renda familiar, e o principal: viabilizar o espaço físico disponível. Enquanto na pecuária, por exemplo, é necessária uma grande área para manter um animal, no cultivo de cogumelos o aproveitamento do espaço é muito maior.

Sem contar as características nutricionais excelentes dos cogumelos, com alto teor de proteínas e fibras alimentares (no caso do Shitake, 19% e 41,9%, respectivamente), além do baixo teor de lipídeos e fonte considerável de fósforo.

O processo produtivo

São selecionadas toras de eucalipto para o cultivo, em condições de umidades e de matéria orgânica para desenvolvimento adequado dos fungos.

Após estarem no tamanho adequado e padronizado, com cerca de 1m de comprimento, são feitos os furos nas toras, considerando um espaçamento adequado para bom aproveitamento dos nutriente, onde será introduzido o inóculo, a “semente” para o crescimento do fungo, com o auxílio de inoculador específico.

As toras ficam em meio a natureza, aproveitando da umidade da mata para criar um ambiente favorável ao cultivo de cogumelos Shitake. São aproximadamente 3.000 toras que ficam aos cuidados da família por aproximadamente 1 ano, para após serem transferidas para a sala de frutificação, o Berçário, para a colheita dos cogumelos.

Veja onde ficam as toras em meio à natureza e como é a sala de frutificação dos cogumelos nos vídeos abaixo!

Origem

Rodovia Rota do Sol, RS 453 – km 164, nº 800 CEP 95140-000.

Vila Seca, Caxias do Sul/RS.

Fale com a gente!

Receitas com cogumelos

Preparamos algumas receitas utilizando os cogumelos Shitake para que você possa desfrutar do melhor dos cogumelos em sua casa e com ingredientes de fácil acesso!

Filés grelhados com Shitake

Ingredientes:

4 filés grossos de frango (500 g)
2 dentes de alho picados
1 colher (sopa) de molho inglês
½ colher (sopa) de gengibre fresco ralado
Sal e pimenta-do-reino
600 de cogumelos Shitake fatiados
4 colheres (sopa) de manteiga
¼ de xícara (chá) de cebolinha verde em rodelas

Modo de preparo:

Tempere o frango com o alho, o molho inglês, o gengibre e sal e pimenta a gosto. Reserve.
Em uma frigideira grande, refogue o cogumelo em 3 colheres (sopa) da manteiga, em fogo alto, por 3 minutos ou até ficar macio. Fora do fogo, agregue a cebolinha e transfira para uma travessa. Reserve.
Na mesma frigideira, grelhe os filés de frango no restante da manteiga, em fogo alto, por 5 minutos de cada lado ou até dourarem ligeiramente. Junte o cogumelo, espere aquecer e sirva em seguida.

Porções: 4

Tempo: 20min

Dificuldade: Fácil

Espaguete com molho de Shitake

Ingredientes

500 g de espaguete integral
Queijo parmesão ralado a gosto
600g de cogumelos shitake, em tirinhas
3 dentes de alho picados
Sal e folhinhas de manjericão a gosto
10 tomates sem pele e sem sementes, em cubos
1 cebola grande em cubos
4 colheres (sopa) de azeite

Modo de preparo

Em uma panela média, aqueça o azeite, refogue o alho e a cebola.
Junte o shitake, o tomate, deixe cozinhar por 15 minutos e reserve.
Em uma panela grande, ferva cinco litros de água com sal a gosto e cozinhe a massa.
Para isso, coloque a massa e mexa de vez em quando, até que a água volte a ferver.
Deixe cozinhar até que fique al dente.
Escorra a massa, acomode num refratário grande, acrescente o molho de shitake e envolva bem com a ajuda de dois garfos grandes.
Salpique folhinhas de manjericão e sirva a seguir.

Porções: 6

Tempo: 30min

Dificuldade: Fácil

Risoto de Shitake Fácil

Ingredientes

2 xícaras de arroz para risoto (arbóreo ou carnaroli)
400 gramas de cogumelo shitake fresco
1 cebola picada
2 colheres de chá de azeite de oliva
½ copo de vinho branco seco
2 tabletes de caldo de cogumelos ou de legumes
2 colheres de sopa de manteiga
2 dentes de alho
queijo parmesão a gosto
sal a gosto
pimenta do reino a gosto
cebolinha a gosto.

Modo de preparo

1. Comece por limpar os shitake e cortar em fatias. Pique a cebola e também os dentes de alho. Dissolva os tabletes de caldo em 4 xícaras e meia de água bem quente – esse será o caldo para preparar o risoto.

Dica: O melhor jeito de limpar cogumelos é com um pano úmido. Evite lavar os cogumelos com água para que não percam seu sabor e textura.

2. Leve ao fogo uma panela grande com o azeite e espere esquentar. Adicione a cebola, os alhos e os shitake e refogue junto por 2-3 minutos. Coloque o vinho e espere ferver, para eliminar o álcool.

O shitake é uma variedade de cogumelo muito suculenta e saborosa que vai bem em várias receitas. Uma das melhores receitas com shitake que podemos preparar é um risoto caseiro, bem cremoso e rico em sabor.

Porções: 4

Tempo: 30min

Dificuldade: Fácil

Características adicionais: Custo econômico, recomendada para vegetarianos, sem glúten.

3. Junte o arroz e mexa até o grão começar a ficar transparente. Adicione um pouco do caldo preparado e fique mexendo até o arroz absorver todo o caldo. Junte mais um pouco de caldo e mexa até absorver novamente. Repita esse procedimento até esgotar todo o caldo – o processo deverá demorar entre 20 a 30 minutos.

Dica: É muito importante adicionar o caldo pouco a pouco no arroz pois é desse jeito que ele cozinha sem ficar mole demais.

4. Como saber que o arroz de risoto está pronto? Depois de adicionar todo o caldo do jeito indicado prove o arroz: o ponto certo é quando os grãos estão cozinhados, cremosos mas levemente crus (al dente).

Se já tiver esgotado o caldo e o arroz ainda estiver muito cru, adicione um pouco mais de água quente e continue mexendo. Quando o arroz estiver pronto desligue o fogo, junte a manteiga e o queijo parmesão e misture.

Dica: Não deixe o arroz cozinhar demasiado pois ele terminará de cozinhar com o calor residual após desligar o fogo.

Prove seu risoto de shitake e acerte o sabor com sal e pimenta. Sirva polvilhado com cebolinha picada e está pronto este prato delicioso e sofisticado!

Bruschetta de Shitake

Ingredientes

8 fatias Pão italiano
400 g em cubinhos pequenos Cogumelos Shitake in natura
1/2 unidade Cebola picada
1 dente Alho
2 colheres sopa Manteiga
1/2 taça Vinho branco
Para pincelar nas torradas: Azeite de oliva
2 colheres sopa Salsinha picada
À gosto Sal e pimenta-do-reino

Modo de preparo

Leve as fatias de pão ao forno pré-aquecido para torrar levemente. Retire, esfregue o dente de alho em um dos lados e regue com azeite de oliva.
Aqueça uma frigideira e coloque a manteiga. Adicione a manteiga e cozinhe por 1 minuto. Coloque o cogumelo e refogue por 2 minutos. Junte o vinho e deixe evaporar. Tempere com o sal e a pimenta. Desligue, junte a salsinha picada e misture tudo muito bem.
Passe uma camada do refogado de cogumelos nas torradas e sirva imediatamente.

Bruschettas são perfeitas para serem servidas de antepasto em qualquer ocasião. Estas torradas de origem italiana, suavemente aromatizadas com alho, aceitam uma infinidade de coberturas, desde uma simples camada de manteiga até ingredientes mais complexos. Nesta receita de cogumelos Shitake foram a escolha para o “recheio”.

Porções: 4

Tempo: 20min

Dificuldade: Fácil

Sempre considerei o Shitake o Rei dos Cogumelos. Seu sabor amadeirado e delicado encanta até quem não gosta muito destes fungos comestíveis. Feito da maneira mais simples possível, deixaram estas bruschettas irresistíveis. Vale a pena experimentar. Não economize na camada de Shitake. Deve ser bem generosa mesmo.